ADAC / Noticias
05/10/2021,
ABAD lança anuário 2021
Evento online contou com a participação de jornalistas e representantes das filiadas de todo o país

Para esse dia super especial foram convidados Leonardo Miguel Severini – Presidente ABAD, Gilberto Figueira – Publisher do Anuário e representantes dos três principais institutos de pesquisa do mercado para debater o comportamento do consumidor diante da nova realidade brasileira. São eles: Daniel Asp – NielsenIQ, Marcos Pazzini – IPC Maps e Raquel Ferreira – Kantar. Além de jornalistas e representantes das filiadas.

O presidente Leonardo abriu a live dando a boa noticia da aprovação da PLP 05/2021 que prorroga por 15 anos os incentivos fiscais concedidos pelos estados e Distrito Federal para empresas comerciais. “Faz com que essa remissão faça diferença nos produtos que a gente comercializa e torna mais baratos os produtos nas gôndolas”, explicou Severini.

O Anuário ABAD é fonte permanente de pesquisa sobre dados do mercado atacadista e distribuidor, trazendo tendências e novidades em tecnologia e serviços. Contém, ainda, a estrutura detalhada da ABAD e as atividades da entidade e suas filiadas estaduais. Fruto da parceria com a Public Projetos Editoriais, o Anuário tem circulação nacional e é apresentado nas versões impressa e digital, com vasto conteúdo multimídia.

Daniel Asp falou das mudanças nos hábitos de consumo e como impactaram a performance dos canais. O atacarejo foi o canal com maior crescimento. Já o e-commerce cresceu 41% em relação ao ano anterior. “O que a gente teve com tudo isso: algumas categorias mais privilegiadas, como os produtos base da alimentação e preparação. As pessoas em casa buscaram mais pela alimentação saudável e conseqüentemente cozinharam mais. Houve um apelo pela praticidade profissional (home Office) versus o pessoal no ano de pandemia. Os mais impactados pelas medidas restritivas como os bares, restaurantes e perfumarias ainda tem desafios para voltar a crescer” explanou Asp.

Raquel Ferreira da Kantar explicou que os consumidores brasileiros nos primeiros meses de 2021 mudaram o comportamento para adequar o bolso às mudanças realizadas durante o ano passado. Tiveram acesso a produtos de maior valor agregado e agora não querem esvaziar o carrinho, mas precisam se adequar. A média de aumento dos produtos foi de 12%, então o brasileiro se vê obrigada a diminuir a quantidade. “As promoções alavancam o consumo e ganham relevância em todas as classes sociais. É um peso importante para que o consumo não diminua em ritmo acelerado. Na contramão os brasileiros de esforçam para manter os perecíveis, bebidas e pet food no carrinho de compra”. Com bolso sob pressão, o consumidor lança mão de marcas Mainstream.

Marcos Pazzini mostrou um panorama maior nas diferentes regiões do país. No Sudeste houve um aumento na participação no mercado consumidor de 0,94%. No sul o aumento foi de 0,19%. Centro-Oeste ficou em 0,10%. Já a região Norte teve redução de 6,23 para 6,06 (-0,17%) e a região Nordeste de 18,53 para 17,46 (-1,07). A falta de turismo foi um dos motivos na queda da região Nordeste.

 

O que esperar em médio prazo

Para os próximos meses Raquel acredita que o canal moderno deve crescer até julho de 2022 o dobro da inflação. “A Previsão é otimista, com menos casos de covid-19, mais vacinas, há tendência de diminuição de gastos em casa e maior fora. São dois movimentos positivos. O Atacarejo vislumbra um crescimento exponencial de até 50%. Esperamos um final de ano positivo em valor”.


Comportamento do consumidor em 2022

De modo geral os consumidores foram pegos pela alta da inflação em todo o mundo.

“O consumidor fará esforço para se manter, pode até usar outras marcas. Espero que feche esse ano bem positivo, ano que vem é uma incógnita. Do ponto de vista do varejo, minha sugestão é um olhar diferente e singular nas categorias. Algumas respondem bem com promoção. Outras não. O detalhe vai fazer a diferença”, finaliza Daniel.

 

A live de lançamento do Anuário pode ser vista pelo link:

https://www.youtube.com/watch? v=Smr6zIhdeCU&feature=emb_logo

E o Anuário ABAD com todos os números e matérias já está disponível no link abaixo:

Acessar o anuário da ABAD

Pesquisar
Siga-nos
Fique informado,
assine nossa Newsletter.